Portal de Notícias da Direita Brasileira

Notícias Macapá

Secretaria de Saúde de Macapá compra Material Hospitalar em loja de Móveis Variedades no interior do Pará

A empresa aparentemente não mostra qualquer qualidade técnica para esse tipo de negócio

Secretaria de Saúde de Macapá compra Material Hospitalar em loja de Móveis Variedades no interior do Pará
Loja de variedades e móveis do interior do Pará
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Secretaria Municipal de Saúde de Macapá vem adquirindo sem licitação e sistematicamente, produtos para atenção básica de saúde, correlatos e material hospitalar (máscaras cirúrgicas, e outros itens não citados nos empenhos) de empresas encravadas no estado do Pará. A verba destinada a essas aquisições são oriundas do Ministério da Saúde, e são geridas pelo Fundo Municipal de Saúde de Macapá.

Uma das principais medidas adotadas pelo Estado brasileiro para o combate a pandemia foi autorizar prefeituras e governos estaduais a praticarem esse tipo de compra direta com dispensa de processos licitatórios. A justificativa é que as licitações, normalmente demandam certo tempo para serem concluídas, e em momentos como o que estamos vivendo, todo e qualquer tipo de atraso pode significar a perda de vidas humanas.

No entanto, a Secretaria Municipal de Saúde de Macapá, ignorando a economia e as empresas que atuam no Município de Macapá, prefere destinar os recursos oriundos da União para empresas do Pará, como a exemplo da J LEMOS DE CARVALHO, que amealhou dos cofres públicos macapaense a importância de R$ 187.500,00 (cento e oitenta e sete mil e quinhentos Reais), como pode se ver do empenho abaixo:

Esse comportamento não é ilegal até o momento em que tais empresas contratadas, no Pará ou em qualquer parte do Brasil, possuam gabarito técnico e experiência no ramo para atender tais demandas, como a exemplo dessa J LEMOS DE CARVALHO, que situa-se na Rua São João, no Município de BENEVIDES estado do Pará. e que na realidade é uma loja de venda de móveis e variedades, (colchão, roupas, cama, fogão, etc.), pois assim é o que funciona no endereço citado no empenho. Com a palavra os Ministérios Públicos estadual e federal.

Nossa equipe de reportagem esteve no local e fez a foto acima.

Outro empenho que nos chama a atenção é o 205006/2021, também executado pelo Fundo Municipal de Saúde de Macapá, que destina R$ 1.600.000,00 (Um milhão e seiscentos mil  Reais) a empresa THIAGO S SOUZA EIRELI, situada na TV do Triunfo, em Belém, Estado do Pará. Esse valor foi empenhado para cobrir despesas com a aquisição de materiais para o enfretamento a Covid-19 (o empenho não revela quais são os materiais).

 

Da mesma forma diz-se que não há ilegalidade nesse tipo de compra, mas aqui cabe um questionamento para reflexão do cidadão macapaense.

O que levou o Município de Macapá a adquirir MATERIAIS HOSPITALAR em uma Loja de Variedades e Moveis no interiorano munícipio de Benevides/PA?

Porque a Prefeitura de Macapá prioriza as empresas dos munícipios do Estado do Pará do que de Macapá? 

FONTE/CRÉDITOS: Da Redação do j832
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )