Portal de Noticias da Direita Brasileira

Ministro do STF, Barroso curte tweet que ataca Bolsonaro e depois diz: “Foi sem querer”

A frase diz que Bolsonaro não tem apoio do povo e nem das Forças Armadas para fechar o Congresso Nacional e STF
Ministro do STF, Barroso curte tweet que ataca Bolsonaro e depois diz: “Foi sem querer”
Foto de MICHAEL MELO/METRÓPOLES

Ministro do STF, Barroso curte tweet que ataca Bolsonaro e depois diz: “Foi sem querer”

Republica de Curitiba

Após curtir publicação da Revista Istoé com uma frase do deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) contra o chefe do executivo, Jair Bolsonaro (sem partido) no Twitter, o ministro do STF e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, usou a mesma rede para se desculpar pelo ato, alegando ter sido um erro de “adaptação” à plataforma, sinalizou o site Republica de Curitiba.

“Curti ontem um post sem querer. Ainda estou me adaptando a esta rede. Não curto posts com conteúdo de polarização política. Ao contrário, busco contribuir para o aprimoramento das instituições e para o debate racional de ideias. Agradeço a quem me alertou sobre o engano”, disse.

A frase diz que Bolsonaro não tem apoio do povo e nem das Forças Armadas para fechar o Congresso Nacional e Superior Tribunal Federal (STF), do qual Barroso é ministro. “O sonho de Bolsonaro é fechar Congresso e STF, mas ele não tem apoio popular nem das Forças Armadas para isso”, afirmava, o deputado, à revista IstoÉ.

O ato do ministro foi interpretado como uma crítica ao governo federal e gerou polêmica nas redes, o que levou o magistrado a pedir desculpas pelo que chamou de engano.
 

OUVIR NOTÍCIA

Após curtir publicação da Revista Istoé com uma frase do deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) contra o chefe do executivo, Jair Bolsonaro (sem partido) no Twitter, o ministro do STF e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, usou a mesma rede para se desculpar pelo ato, alegando ter sido um erro de “adaptação” à plataforma, sinalizou o site Republica de Curitiba.

“Curti ontem um post sem querer. Ainda estou me adaptando a esta rede. Não curto posts com conteúdo de polarização política. Ao contrário, busco contribuir para o aprimoramento das instituições e para o debate racional de ideias. Agradeço a quem me alertou sobre o engano”, disse.

A frase diz que Bolsonaro não tem apoio do povo e nem das Forças Armadas para fechar o Congresso Nacional e Superior Tribunal Federal (STF), do qual Barroso é ministro. “O sonho de Bolsonaro é fechar Congresso e STF, mas ele não tem apoio popular nem das Forças Armadas para isso”, afirmava, o deputado, à revista IstoÉ.

O ato do ministro foi interpretado como uma crítica ao governo federal e gerou polêmica nas redes, o que levou o magistrado a pedir desculpas pelo que chamou de engano.
 

Fonte

Republica de Curitiba

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Política
Primeira Dama de São Paulo é contra doação de alimentos a moradores de Rua: “eles...
Primeira Dama de São Paulo é contra doação de alimentos a moradores de Rua: “eles precisam se conscientizar”
VISUALIZAR
Economia
Bolsonaro: Mercosul é parte das soluções para recuperação pós-pandemia
Bolsonaro: Mercosul é parte das soluções para recuperação pós-pandemia
VISUALIZAR
Justiça
Justiça derruba decisão que determinou uso de máscara ao presidente
Justiça derruba decisão que determinou uso de máscara ao presidente
VISUALIZAR
Deficiência
A doce Letícia, síndrome de Down
A doce Letícia, síndrome de Down
VISUALIZAR
Economia
Bolsonaro anuncia mais duas parcelas do auxílio emergencial de R$ 600
Bolsonaro anuncia mais duas parcelas do auxílio emergencial de R$ 600
VISUALIZAR
Saúde
Novo vírus Chinês pode gerar pandemia: o G4 EA H1N1
Novo vírus Chinês pode gerar pandemia: o G4 EA H1N1
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )