Portal de Noticias da Direita Brasileira

Governo prorroga prazo para aplicação da nova carteira de identidade

Órgãos têm mais um ano para se adequar aos novos padrões do documento
Governo prorroga prazo para aplicação da nova carteira de identidade
Divulgação TSE

Governo prorroga prazo para aplicação da nova carteira de identidade

Agencia Brasil EBC

O governo prorrogou para março de 2021 a obrigatoriedade na adoção do novo modelo de carteira de identidade. É a segunda vez que o governo prorroga o prazo. O prazo anterior era março desde ano e o prazo original, do decreto 9.278/2018, era março de 2019. A prorrogação foi publicada hoje (28) no Diário Oficial da União.

Assim, os órgãos de identificação têm mais um ano para se adequar aos padrões da nova carteira de identidade. O novo modelo traz dispositivos para aumentar a segurança contra a falsificação e contém mais informações, como registros do título de eleitor, numeração da Carteira de Trabalho e Previdência Social, certificado militar, Carteira Nacional de Habilitação, documento de identidade profissional, carteira nacional de saúde e números de NIS/PIS/Pasep. Também poderá ser incluído o nome social sem a necessidade de alteração no registro civil.

Outra novidade é que poderão constar, no novo RG, indicativos para pessoas com necessidades especiais e códigos referentes ao Código Internacional de Doenças (CID). Todas as informações são facultativas, ou seja, cada cidadão poderá optar por incluir os registros complementares que julgar necessários.

OUVIR NOTÍCIA

O governo prorrogou para março de 2021 a obrigatoriedade na adoção do novo modelo de carteira de identidade. É a segunda vez que o governo prorroga o prazo. O prazo anterior era março desde ano e o prazo original, do decreto 9.278/2018, era março de 2019. A prorrogação foi publicada hoje (28) no Diário Oficial da União.

Assim, os órgãos de identificação têm mais um ano para se adequar aos padrões da nova carteira de identidade. O novo modelo traz dispositivos para aumentar a segurança contra a falsificação e contém mais informações, como registros do título de eleitor, numeração da Carteira de Trabalho e Previdência Social, certificado militar, Carteira Nacional de Habilitação, documento de identidade profissional, carteira nacional de saúde e números de NIS/PIS/Pasep. Também poderá ser incluído o nome social sem a necessidade de alteração no registro civil.

Outra novidade é que poderão constar, no novo RG, indicativos para pessoas com necessidades especiais e códigos referentes ao Código Internacional de Doenças (CID). Todas as informações são facultativas, ou seja, cada cidadão poderá optar por incluir os registros complementares que julgar necessários.

Fonte

Agencia Brasil EBC

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Economia
Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 29 milhões.
Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 29 milhões.
VISUALIZAR
Política
Deputado Capitão Augusto irá apresentar impeachment contra Marco Aurélio por soltura de...
Deputado Capitão Augusto irá apresentar impeachment contra Marco Aurélio por soltura de chefe do PCC
VISUALIZAR
Política
General Mourão critica Marco Aurélio por soltura de chefão do PCC
General Mourão critica Marco Aurélio por soltura de chefão do PCC
VISUALIZAR
Política
Disney não autorizou Joice a usar imagens de Muppets em sua campanha eleitoral
Disney não autorizou Joice a usar imagens de Muppets em sua campanha eleitoral
VISUALIZAR
Economia
Caixa paga parcela do auxílio emergencial a 3,3 milhões de pessoas
Caixa paga parcela do auxílio emergencial a 3,3 milhões de pessoas
VISUALIZAR
Economia
Publicada MP que amplia margem para concessão de crédito consignado
Publicada MP que amplia margem para concessão de crédito consignado
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )