Portal de Noticias da Direita Brasileira

FAKE NEWS?

Ao povo é dado o inalienável direito de criticar os seus representantes e instituições quaisquer dos poderes
FAKE NEWS?

FAKE NEWS?

SOBRE FAKE NEWS:

O que me preocupa é a “onda” sobre a tal Fake News. Aquela que pega carona algumas pessoas, sem levar até as últimas consequências os melindres em questão e que devem ser debatidos. Afinal, o problema é novo!

Diante disso, não sei ainda, se o debate nasce para advertir alguém, intimidar, ou deixar as pessoas com “pulga atrás da orelha”. Ou, “fazer xô pra galinha”.

A análise que trago, tem como ponto de vista, o que disse o pretenso candidato a prefeito de Macapá, Josiel Alcolumbre (DEM-AP), em entrevista à Guarany TV (Portal).

Aquele, será implacável no combate a esse expediente cujo objetivo é destruir reputações que levam anos para serem construídas.

Fake News que traduzindo é Notícia falsa, absoluta mentira; portanto é crime, está previsto em lei desde 2019.
“Para dar exemplo, não deixarei passar nada que venha me prejudicar e recomendo a todo cidadão de bem que não compactue e combata as mentiras que instigam o ódio e levam a divisões na sociedade”, sentenciou Josiel ( ipsis litteris – literalmente)

Mas, o que é Fake News ?
Por conceito, é o que foi dito acima.
Todavia, vem sendo utilizado por todas as alas políticas como prática de estratégia de guerrilha na esfera política a muito tempo, em especial por Redes Sociais de esquerda e direita. Evidente que deve ser combatida. No entanto, como? De que forma? As investigações feitas à tais utilitaristas devem ser combatidas de que forma? Sabe-se que não há nada tipificado no código penal.

A matéria é controversa entre os próprios Ministros do Supremo Tribunal Federal. A exemplo, o Ministro Alexandre de Morais no dia 27/05, expediu mandados pela PF aos investigados. Movimento que aos olhos de André Mendonça (Ministro de Justiça), colega, criticou que:
- Ao povo é dado o inalienável direito de criticar os seus representantes e instituições quaisquer dos poderes;
- Quanto aos parlamentares intimados à depor, o ministro afirmou a ampla imunidade por suas opiniões; complementou dizendo que, intimidar ou saciar esse direito é um atentado à democracia.

E agora? ( entre os Titãs existe tamanha discussão, quanto mais, a nós pobres mortais!).

Será que nos encaminhamos ao retorno de um coronelismo? Época em que FALAR O QUE SE PENSAVA, era pago com a falta da liberdade de expressão?

Repito, se isso “viralizar”, isto é, as atitudes de Alexandre de Morais, tudo será discutível pela impressa e, por parte do cidadão comum às redes sociais.

Fora que, se houver expedições dessa forma como fez o Ministro Alexandre de Morais, além de impositiva e inconstitucional, dará a oportunidade de coibir a opinião do povo. Espero que o registro do Roberto Cabrini (26/05 - SBT) não seja visto como Fake News, porque assim, já é demais. Vimos o estado de calamidade que passamos no Estado do Amapá e na capital.

Enfim, O STF BRINCA DE DITADURA, e ainda, vejo excessivo tudo o que assistimos quanto esta operação feita PF dia 27/05.

Prender pode, mas, os critérios constitucionais devem estar alinhados ao direito do cidadão, ao povo. Na realidade, estamos escassos de políticos sérios, para nesta hora nos defender.

Pra piorar, Ministros colocados por ex-presidentes estão de monte no “Castelo dos deuses forense”. Vale lembrar que, ministros que sentam na cadeira da mais alta corte, não são concursados para esse mister, são meramente nomeados politicamente.

Senhores (as), irmãos brasileiros e, em especifico, amapaenses, é demais para não falar nada!
Rasgam a Constituição em sua clausula pétrea, art. 5º, nas liberdades individuais, mais notadamente na liberdade de expressão, em nossa frente!
Não seria uma profecia a música do Legião Urbana - que pais é este?

#STFvergonhanacional

OUVIR NOTÍCIA

SOBRE FAKE NEWS:

O que me preocupa é a “onda” sobre a tal Fake News. Aquela que pega carona algumas pessoas, sem levar até as últimas consequências os melindres em questão e que devem ser debatidos. Afinal, o problema é novo!

Diante disso, não sei ainda, se o debate nasce para advertir alguém, intimidar, ou deixar as pessoas com “pulga atrás da orelha”. Ou, “fazer xô pra galinha”.

A análise que trago, tem como ponto de vista, o que disse o pretenso candidato a prefeito de Macapá, Josiel Alcolumbre (DEM-AP), em entrevista à Guarany TV (Portal).

Aquele, será implacável no combate a esse expediente cujo objetivo é destruir reputações que levam anos para serem construídas.

Fake News que traduzindo é Notícia falsa, absoluta mentira; portanto é crime, está previsto em lei desde 2019.
“Para dar exemplo, não deixarei passar nada que venha me prejudicar e recomendo a todo cidadão de bem que não compactue e combata as mentiras que instigam o ódio e levam a divisões na sociedade”, sentenciou Josiel ( ipsis litteris – literalmente)

Mas, o que é Fake News ?
Por conceito, é o que foi dito acima.
Todavia, vem sendo utilizado por todas as alas políticas como prática de estratégia de guerrilha na esfera política a muito tempo, em especial por Redes Sociais de esquerda e direita. Evidente que deve ser combatida. No entanto, como? De que forma? As investigações feitas à tais utilitaristas devem ser combatidas de que forma? Sabe-se que não há nada tipificado no código penal.

A matéria é controversa entre os próprios Ministros do Supremo Tribunal Federal. A exemplo, o Ministro Alexandre de Morais no dia 27/05, expediu mandados pela PF aos investigados. Movimento que aos olhos de André Mendonça (Ministro de Justiça), colega, criticou que:
- Ao povo é dado o inalienável direito de criticar os seus representantes e instituições quaisquer dos poderes;
- Quanto aos parlamentares intimados à depor, o ministro afirmou a ampla imunidade por suas opiniões; complementou dizendo que, intimidar ou saciar esse direito é um atentado à democracia.

E agora? ( entre os Titãs existe tamanha discussão, quanto mais, a nós pobres mortais!).

Será que nos encaminhamos ao retorno de um coronelismo? Época em que FALAR O QUE SE PENSAVA, era pago com a falta da liberdade de expressão?

Repito, se isso “viralizar”, isto é, as atitudes de Alexandre de Morais, tudo será discutível pela impressa e, por parte do cidadão comum às redes sociais.

Fora que, se houver expedições dessa forma como fez o Ministro Alexandre de Morais, além de impositiva e inconstitucional, dará a oportunidade de coibir a opinião do povo. Espero que o registro do Roberto Cabrini (26/05 - SBT) não seja visto como Fake News, porque assim, já é demais. Vimos o estado de calamidade que passamos no Estado do Amapá e na capital.

Enfim, O STF BRINCA DE DITADURA, e ainda, vejo excessivo tudo o que assistimos quanto esta operação feita PF dia 27/05.

Prender pode, mas, os critérios constitucionais devem estar alinhados ao direito do cidadão, ao povo. Na realidade, estamos escassos de políticos sérios, para nesta hora nos defender.

Pra piorar, Ministros colocados por ex-presidentes estão de monte no “Castelo dos deuses forense”. Vale lembrar que, ministros que sentam na cadeira da mais alta corte, não são concursados para esse mister, são meramente nomeados politicamente.

Senhores (as), irmãos brasileiros e, em especifico, amapaenses, é demais para não falar nada!
Rasgam a Constituição em sua clausula pétrea, art. 5º, nas liberdades individuais, mais notadamente na liberdade de expressão, em nossa frente!
Não seria uma profecia a música do Legião Urbana - que pais é este?

#STFvergonhanacional

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Mundo
"Sentimos essa tragédia como se fosse em nosso território": Bolsonaro disse sobre explosões...
VISUALIZAR
Política
Maia cita Mandetta, Huck e Doria como seus possíveis candidatos para 2022
Maia cita Mandetta, Huck e Doria como seus possíveis candidatos para 2022
VISUALIZAR
Meio Ambiente
Mourão manifesta preocupação com incêndios na Amazônia
Mourão manifesta preocupação com incêndios na Amazônia
VISUALIZAR
Política
VÍDEO: Jornalista denuncia grampo em Bolsonaro e golpe do TSE
VÍDEO: Jornalista denuncia grampo em Bolsonaro e golpe do TSE
VISUALIZAR
Saúde
Guga Chacra zomba de médica referência em cloroquina
Guga Chacra zomba de médica referência em cloroquina
VISUALIZAR
Política
Toffoli suspende impeachment de Witzel na Alerj
Toffoli suspende impeachment de Witzel na Alerj
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )